Acidentes acontecem quando menos esperamos, e no ambiente de trabalho não é diferente. Por isso, vamos te ajudar a evitar isso, veja abaixo o que você vai aprender neste artigo:

Primeiro passo

No caso da ocorrência de um acidente de trabalho, a primeira coisa a se fazer, é procurar um médico e avisar à instituição do ocorrido (caso a vítima esteja impossibilitada, a pessoa que a socorreu pode fazer o aviso). Assim, todas as empresas devem prevenir seus colaboradores, quanto aos possíveis acidentes que podem ocorrer nos seus ambientes de trabalho. Uma vez que cada profissão reúne riscos, é importante que em cada setor, medidas de segurança do trabalho sejam incorporadas. 

EPI e sinalizadores de obra

Desta forma, a saúde e integridade física do colaborador são protegidas, logo, problemas envolvendo sua capacidade de trabalho são evitados, o que é de grande vantagem para as empresas, além de assegurar que as normas vigentes sejam atendidas adequadamente.

Independentemente do tamanho da empresa e do fator econômico, é necessário que as medidas essenciais sejam devidamente adotadas, tanto para proporcionar condições justas para os profissionais quanto para atender a legislação compatível com a área. É uma forma de transmitir o compromisso que o empreendedor tem com o bem estar e com a segurança dos colaboradores.

Conscientização

Para que seja possível conscientizar os trabalhadores, dependendo do setor, é possível realizar treinamentos específicos ou promover o engajamento através de abordagens diferenciadas, como palestras que apresentam temas como os seguintes:

  • Conhecimento de fatores de risco;
  • Uso de equipamentos de proteção;
  • Estratégias de motivação;
  • Direitos e deveres.

Vantagens no uso de EPIs

A formação dos trabalhadores no local de trabalho, é a melhor forma de prevenir acidentes. Para que isso ocorra é recomendado que o fornecimento de EPI’s, bem como treinamentos sejam ministrados, e registrados através de documentação apropriada, essa documentação é essencial para eventuais esclarecimentos em causas trabalhistas e fiscalizações. Um dos maiores desafios que os técnicos de segurança enfrentam, é a conscientização do uso constante e a correta utilização destes equipamentos, uma vez que os usuários se sentem obrigados e desconfortáveis com os mesmos. 

capacete de obra

A função deles é PREVENIR, quer seja na perspectiva do trabalhador, quer seja na do empregador. E esse conceito de prevenção, precisa estar nitidamente claro para todos dentro da instituição, pois é com a conscientização, segurança e saúde no trabalho que as empresas garantem uma série de vantagens, tais como:

  • Redução dos riscos de acidentes de trabalho;
  • Promoção de um ambiente mais adequado ergonomicamente;
  • Redução dos casos de doenças ocupacionais;
  • Estabelecimento de melhores condições físicas e psicológicas de trabalho para os colaboradores;
  • Aumento da organização da empresa com a elaboração de planos de riscos;
  • Diminuição dos gastos com pagamento de multas ou indenizações devido ao descumprimento de normas trabalhistas;
  • Aumento da qualidade de vida no ambiente de trabalho e, com isso, maior produtividade por parte dos colaboradores.

Normas de Segurança

É de grande importância que exista, por parte do empregador, uma fiscalização adequada ou a terceirização de profissionais devidamente preparados para realizar o gerenciamento das normas de segurança.

Powered by Rock Convert

A organização para levar o conhecimento para os diversos setores da empresa de maneira adequada, inclusive por meio de serviços terceirizados, deve ser priorizada para evitar transtornos.

A comunicação efetiva é significativa para cada etapa que envolve a conscientização e é preciso que cada aspecto seja transmitido e empregado de forma clara. Mesmo porque, um cronograma estratégico de palestras e treinamentos pode contribuir com que cada vez mais a importância das medidas de segurança seja reforçada sem que exista o desgaste.

Além disso, é preciso citar que as condições da infraestrutura também são consideradas e dependendo do tipo de local, serviços como de projeto de SPDA (Sistemas de Proteção contra Descargas Atmosféricas), também chamado de para raios e a manutenção preventiva predial que conta com medidas abrangentes, podem ser necessários. 

Nesse âmbito, é importante abordar que há treinamentos específicos contra incêndio. Sendo assim, a empresa deve investir não apenas nos equipamentos adequados para prevenção e controle inicial dessas ocorrências, como também em opções como a CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes), que é regulamentada pela Norma Regulamentadora nº 5 e visa assegurar condições saudáveis e seguras para os funcionários da empresa, com medidas preventivas e preparo adequado para lidar com diversas situações.

15 dicas infalíveis para evitar acidentes de trabalho

Aqui vão 15 dicas que a Marinha do Brasil disponibilizou, para evitar que os trabalhadores necessitem ficar afastados de suas funções. Afinal, prevenir é o melhor remédio:

  1. Utilize os Equipamentos de Proteção Individual (EPI);
  2. Mantenha áreas de circulação desobstruídas;
  3. Não obstrua o acesso aos equipamentos de emergências (macas, extintores, etc.)
  4. Informe ao superior imediato sobre a ocorrência de incidentes, para que se possa corrigir o problema e evitar futuros acidentes;
  5. Não execute atividade para a qual não está habilitado;
  6. Não improvise ferramentas. Solicite a compra de ferramentas adequadas à atividade;
  7. Não faça brincadeiras durante o trabalho. Sua atenção deve ser voltada apenas para a atividade que está executando;
  8. Oriente os novos colaboradores sobre os riscos das atividades;
  9. Cuidado com tapetes em áreas de circulação;
  10. Não retire os Equipamentos de Proteção Coletiva das máquinas e equipamentos. Eles protegem você e demais trabalhadores simultaneamente;
  11. Não fume em locais proibidos. Procure os locais destinados para tal;
  12. Evite a pressa, ela é “inimiga da perfeição”. Além de se expor ao nível de risco maior, seu trabalho não terá uma boa qualidade;
  13. Confira sua máquina ou equipamento de trabalho antes de iniciar suas atividades, através do check list;
  14. Ao sentar, verifique a firmeza e a posição das cadeiras;
  15. Não deixe objetos caídos no chão;

Quer saber mais sobre Saúde e Segurança no trabalho?

Se você chegou até aqui, parabéns! Você já conhece a importância da conscientização dos colaboradores de uma instituição, e os benefícios a saúde dos trabalhadores, pois assim todos podem exercer suas atividades de uma forma mais segura. Tem algum outro segredinho que não mencionados aqui? Deixe sua dica nos comentários e enriqueça ainda mais este post! 

Aproveite e conheça nossos outros conteúdos especialmente criados para você, falamos sobre os mais variados temas, tenho certeza que você irá gostar, além disso não se esqueça de seguir a gente, em nossas redes sociais: Instagram, Facebook e LinkedIn.

Caso tenha alguma dúvida ficaremos muito felizes em te atender, pode nos chamar clicando aqui.