Equipamentos de segurança devem ser usados corretamente para prevenir incidentes no local de trabalho. Entenda os riscos e escolha as melhores opções para seu trabalho.

Equipamentos de proteção são usados para diminuir o risco de acidentes, aumentando a segurança do trabalhador enquanto desempenha suas tarefas individualmente ou em conjunto com um grupo de trabalhadores. 

A segurança do trabalho oferece diferentes recursos para garantir a proteção dos funcionários contra os riscos existentes no ambiente de trabalho. Entre as medidas, está a implementação do EPI e EPC. Mas o que seria isso?  

A proteção pode ser dividida em Equipamentos de Proteção Individual (EPI) e Equipamentos de Proteção Coletiva (EPC), ambos com o mesmo objetivo,  implementadas e sugeridas por profissionais da segurança no trabalho para prevenir acidentes. 

Entenda um pouco mais a utilização e alguns dos equipamentos e medidas mais utilizadas pela segurança do trabalho para que não haja incidentes inesperados em locais de trabalho. 

 

Equipamentos de proteção coletiva 

Os EPC’s são utilizados no ambiente de desenvolvimento de atividades para proteger todos os funcionários dos riscos inerentes aos processos. 

Os riscos inerentes de um processo não englobam exatamente as atividades desempenhadas individualmente por cada colaborador, mas, sim, riscos a que o conjunto está exposto. Isolar acusticamente fontes de barulho em ambiente de trabalho, aumentar ventilação, proteger partes móveis de máquinas e equipamentos, assim como executar pinturas de sinalizações de segurança, são todos exemplos de medidas tomadas para diminuição dos riscos de todos os funcionários de uma empresa. 

Ficou fácil entender que os EPC’s não são medidas que precisam ser executadas diariamente. Uma vez feitos, os efeitos são efetivos para várias pessoas por um determinado tempo, geralmente longos períodos, até que seja necessária a manutenção das medidas ou implementação de novas. 

 

Equipamentos de proteção individual

Ao contrário dos EPC’s, os equipamentos individuais são utensílios disponibilizados para cada funcionário individualmente. Uma vez entregues, serão responsabilidade do colaborador, tanto seu uso como manutenção e solicitações de trocas ou reparos. Os EPI’s são destinados à proteção contra riscos capazes de ameaçar a saúde e segurança ao desempenhar atividades. 

Utilizar estes equipamentos se faz necessário quando não é possível tomar medidas que permitem eliminar completamente os riscos do ambiente em que a atividade desempenhada está envolvida. Isso quer dizer que, mesmo após todos os EPC’s serem executados, os funcionários que trabalham naquele ambiente ainda estão submetidos a perigos, iminentes ou não, pois não foi viável, eficiente ou suficiente eliminá-los apenas com a proteção coletiva.

Quer saber mais ainda? Conheça o nosso Checklist de EPI’s e não deixe nenhum passar desapercebido! 

Os equipamentos são fornecidos, mas sua utilização é de responsabilidade do funcionário. Sendo assim, todos devem ser conscientizados do uso e cuidados com os equipamentos individuais. É necessário, então, que todos entendam o conceito de prevenção de acidentes, bem como utilizem de fato os EPI’s. Apesar disso, é de responsabilidade do empregador exigir o uso dos equipamentos e fiscalizar seus funcionários. 

 

O empregador e os equipamentos de segurança

De acordo com a Norma Regulamentadora de número 6, o empregador deve seguir uma série de normas para proteger seus funcionários e é passível de multa em caso de descumprimento. 

Powered by Rock Convert

Entre as obrigações da empresa estão adquirir os equipamentos adequados ao risco de cada atividade que será desenvolvida em seu ambiente, exigir o uso por parte dos colaboradores, fornecer somente equipamentos aprovados pelo órgão nacional competente, substituir EPI’s quando danificados ou extraviados, responsabilizar-se pela manutenção e higienização periódica, além de orientar e treinar o trabalhador sobre o uso adequado 

Os profissionais de segurança do trabalho são agentes muito importantes nas empresas, principalmente quando há grande número de funcionários. Os agentes são capazes, entre outras coisas, de identificar possíveis riscos, alertar colaboradores sobre o uso dos EPI’s, planejar e executar EPC’s e, mais importante, conscientizar e alertar sobre a importância da prevenção de acidentes.

profissional com equipamento de protecao individual

Conceito de prevenção de acidentes

Os acidentes são eventos inesperados que podem ocorrer em qualquer lugar, até mesmo no trabalho. A conscientização e formação dos trabalhadores no local de trabalho são a melhor forma de prevenir acidentes, como já foi explicitado. Porém, além disso, podemos acrescentar também a aplicação de medidas de segurança que será então parte da prevenção.

Os especialistas em segurança no trabalho descrevem algumas dicas, entre elas estão: manter as áreas de circulação desobstruídas para a livre circulação dos funcionários e evitar esbarrões, e a não execução de atividades que não está habilitado e isto compreende todas as pessoas que trabalham na empresa. Além disso, é recomendado não improvisar ferramentas, mas, sim, solicitar a compra de ferramentas adequadas para cada tarefa. 

A prevenção inclui até detalhes do ambiente como os tapetes, que devem ser também evitados em áreas de circulação, assim como correr ou andar apressadamente em todos os ambientes deve ser evitado. Objetos caídos no chão também representam perigo para os funcionários. 

Em relação aos equipamentos, há normas que aumentam a segurança dos operadores, mas, de forma geral, é recomendado conferir as máquinas ou equipamentos antes de iniciar as atividades através do check list que, geralmente, é disponibilizado para cada máquina.

Nunca é demais lembrar que em caso de acidentes, as primeiras medidas a se tomar são prestar os primeiros socorros caso você seja habilitado para isto. Senão, chame o serviço de emergência e informe aos responsáveis na sua empresa.

 

Principais EPC’s

Sabemos que os EPC’s são equipamentos para o uso comum no ambiente de trabalho, entre eles podemos citar: 

  • Placas de Sinalização;
  • Sensores de presença;
  • Cavaletes;
  • Fita de Sinalização;
  • Chuveiro Lava-Olhos;
  • Sistema de Ventilação e Exaustão;
  • Proteção contra ruídos e vibrações;
  • Sistema de Iluminação de Emergência

 

Principais EPI’s

Os EPI’s disponibilizados mais comuns são:

  • Proteção da cabeça: capacete de segurança, capuz, balaclava, etc;
  • Proteção dos olhos e face: óculos de proteção, máscaras;
  • Proteção auditiva: protetor auricular, abafadores de ruídos;
  • Proteção respiratória: respirador;
  • Proteção do tronco: coletes;
  • Proteção dos membros superiores: luvas de segurança, braçadeiras;
  • Proteção dos membros inferiores: calçados de segurança, calças.

 

Agora que você já sabe o que é EPI e EPC, confira mais conteúdos como este em nosso blog e continue aprendendo.

Esteja sempre aprendendo conosco, amamos ter você aqui! Se inscreva em nossa Newsletter e não perca nossos conteúdos!